O que você sabe sobre a Doença de Alzheimer?

Por Ane Caroline Janiro – Psicóloga CRP 06/119556

Parceiro: Psicologia Acessível – http://psicologiaacessivel.net/

Recentemente vimos rumores de que Jack Nicholson (foto) poderia estar em um estágio avançado da Doença de Alzheimer, o que já foi negado. Mas achamos importante falar sobre o assunto. Você sabe o que é a Doença de Alzheimer? Vamos falar em linhas gerais: A Doença de Alzheimer tem como principais características a perda de funções cognitivas, como memória, orientação, atenção e linguagem. A doença é progressiva, ou seja, não existe cura, porém é possível desacelerar seu avanço quando descoberta no início e com o tratamento adequado, podendo assim ter maior controle sobre seus sintomas. O tratamento garante melhor qualidade de vida ao paciente e também aos familiares. O médico alemão Alois Alzheimer foi o primeiro a descrever a doença, em 1906, com base em estudos de caso com uma paciente de 51 anos que apresentou alterações características do que hoje conhecemos como Doença de Alzheimer. alzheimer As causas da Doença ainda são desconhecidas, porém, tem-se conhecimento de determinadas lesões cerebrais comum em pacientes. “As duas principais alterações que se apresentam são as placas senis decorrentes do depósito de proteína beta-amiloide, anormalmente produzida, e os emaranhados neurofibrilares, frutos da hiperfosforilação da proteína tau. Outra alteração observada é a redução do número das células nervosas (neurônios) e das ligações entre elas (sinapses), com redução progressiva do volume cerebral.” E ainda, sabe-se que há fatores de risco que podem favorecer seu desenvolvimento. Veja abaixo. Fatores de risco:

  • Idade: é o principal fator de risco. “Após os 65 anos, o risco de desenvolver a doença dobra a cada cinco anos.”
  • Sexo: foi observado que as mulheres podem ter risco maior de desenvolver a doença, mas pode ser que isto ocorra devido a expectativa de vida da mulher ser superior ao do homem.
  • A doença não é necessariamente hereditária, mas pode ser que os familiares de pacientes com Alzheimer tenham alguns riscos de desenvolvê-la também.
  • “Embora a doença não seja considerada hereditária, há casos, principalmente quando a doença tem início antes dos 65 anos, em que a herança genética é importante. Esses casos correspondem a 10% dos pacientes com Doença de Alzheimer.”
  • “Pessoas com histórico de complexa atividade intelectual e alta escolaridade tendem a desenvolver os sintomas da doença em um estágio mais avançado da atrofia cerebral (mais tarde), pois é necessária uma maior perda de neurônios para que os sintomas de demência comecem a aparecer. Por isso, uma maneira de retardar o processo da doença é a estimulação cognitiva constante e diversificada ao longo da vida.”
  • Existem outros fatores relacionados ao estilo de vida, como: hipertensão, diabetes, obesidade, tabagismo e sedentarismo. “Alguns estudos apontam que se eles forem controlados podem retardar o aparecimento da doença.”

Em seus estágios iniciais, é comum que os sintomas sejam confundidos com esquecimentos, confusões ou características de um processo normal de envelhecimento, fazendo com que familiares e/ou paciente não busquem ajuda médica precocemente. Assim, o que acontece é que muitas vezes a Doença de Alzheimer é diagnosticada tardiamente, dificultando o tratamento e diminuindo as chances de retardar os efeitos do problema. Por isso é preciso ficar atento a todos os sinais e sempre procurar orientação especializada de profissionais da saúde. Fonte: ABRAz (Associação Brasileira de Alzheimer)

OBS.: Todo o conteúdo desta e de outras publicações deste site tem função informativa e não terapêutica.

________________________________________________________________

Curtiu este conteúdo?

facebook_like_logo_1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s