Atendimento Psicológico Gratuito – Onde buscar?

Por: Ane Caroline Janiro

Parceiro: Psicologia Acessível

Uma das principais dúvidas que recebo no blog está relacionada com a dificuldade em encontrar informações precisas sobre atendimento psicológico no Sistema Único de Saúde (SUS) ou em outras instituições que oferecem este serviço de forma gratuita.

Este texto então tem o objetivo de contribuir para que estas informações sejam mais divulgadas, o que, na verdade, é o objetivo deste blog e projeto: aproximar a Psicologia de nosso cotidiano. É claro que além de tornar estas informações acessíveis a um número cada vez maior de pessoas, ainda temos muitas lutas em relação aos atendimentos psicológicos no SUS, assim como as demais áreas da saúde.

Mas a ideia aqui é tentar facilitar um pouco o caminho para quem precisa deste atendimento psicológico mas não pode pagar. Existem ainda algumas alternativas além do SUS, que são as Clínicas-Escola, Instituições (como ONGs, Empresas parceiras de clínicas e hospitais) e os Psicólogos/Psicanalistas que realizam de forma independente atendimentos a valores reduzidos ou de graça. Vamos falar, por ordem, de cada uma delas:

  • Atendimento psicológico no SUS

O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece atendimento psicológico de forma gratuita nos chamados CAPS (Centro de Atenção Psicossocial).

Estes centros são compostos não apenas por Psicólogos, mas também por Psiquiatras, Enfermeiros, Assistentes Sociais e Terapeutas.

O atendimento é destinado a pessoas com intenso sofrimento psíquico, transtornos mentais ou dependência de álcool e outras drogas. Existem unidades específicas de atendimento pelo CAPS, como:

CAPSi – Destinado ao atendimento de crianças e adolescentes;

CAPS AD – Destinado ao atendimento de dependentes de álcool e outras drogas;

Mas você pode apenas buscar o atendimento na unidade do CAPS mais próxima a você e, logo após uma triagem, seu caso será encaminhado ao tratamento adequado.
Existe também no CAPS a possibilidade do atendimento em grupo, que visa proporcionar os atendimentos diante da grande procura por este serviço. Estes grupos costumam ser organizados por temas, como: luto, álcool, problemas familiares, etc.
Lembrando que, além do interesse da pessoa por esta modalidade de atendimento, é preciso avaliar junto ao psicólogo responsável se este é realmente o tratamento mais indicado para cada caso. Porém, o atendimento em grupo costuma ser uma ótima oportunidade para troca de experiências, enxergar outros pontos de vista, compartilhar sentimentos, conquistas, angústias.

Como buscar o atendimento psicológico nos CAPS?

Você pode ir diretamente à unidade do CAPS mais próxima a você e pedir o atendimento;
Você também pode ter mais informações clicando neste link ou neste link aqui.

Existe também o atendimento psicológico realizado pelos Centros de Saúde, que contam com equipes de profissionais da saúde mental. Estes Centros são responsáveis pela saúde básica.

Como buscar o atendimento psicológico nos Centros de Saúde?

Você deve localizar em sua cidade o Centro de Saúde mais próximo e pode ir diretamente até ele, solicitando o atendimento psicológico.

  • Atendimento Psicológico nas Clínicas-Escola

As Clínicas-Escola são espaços das Faculdades de Psicologia destinados a oferecer atendimento psicológico gratuito à comunidade. Nelas os alunos, normalmente nos semestres finais do curso, atendem com a supervisão de professores e a qualidade dos atendimentos, em geral, é excelente.

O processo funciona assim: a pessoa procura a Clínica-Escola (não precisa de encaminhamento), faz um cadastro inicial e após um período é chamada para realizar a triagem. Essa triagem irá identificar a urgência e a modalidade de atendimento e irá direcionar o caso para o início do processo. Entretanto, a espera para os atendimentos não-emergenciais costuma ser um pouco longa, devido à grande procura. Ainda assim vale a pena fazer o cadastro, pois a fila de espera demora, mas anda.

Como buscar atendimento psicológico nas Clínicas-Escola?

Você pode entrar em contato por telefone, e-mail ou presencialmente com as faculdades de Psicologia mais próximas a você e pedir orientações para realizar o seu cadastro para o atendimento psicológico.

  • Atendimento Psicológico em Instituições (ONGs, Empresas, etc)

Algumas Instituições oferecem o atendimento psicológico de forma gratuita ou a valores reduzidos à população. Cada local, porém, trabalha de uma forma e tem critérios diferentes de seleção. Alguns locais atendem com base em uma triagem que envolve análise socioeconômica (o quanto a pessoa/família pode pagar), outros locais atendem a demandas específicas, outros ainda definem a ordem de atendimento de acordo com a gravidade do problema, enfim…

Estas instituições podem ser Organizações Não Governamentais (ONGs), Empresas ligadas a hospitais e clínicas, Centros de Voluntariado, entre outros.

Como buscar atendimento psicológico nestas instituições?

O ideal é entrar em contato com hospitais, clínicas ou com as próprias instituições e ONGs em sua região e pedir orientações de como ou em quais locais são oferecidos estes atendimentos, quais os critérios de seleção, etc.

  • Atendimento Psicológico em consultório particular

Alguns psicólogos/psicanalistas, além de realizarem atendimento particular ou por meio de convênios, oferecem também em seus consultórios a modalidade de atendimento a valores mais acessíveis ou gratuitos. Neste caso, cada profissional trabalha de forma específica, definindo os critérios de triagem e seleção para esses atendimentos. Alguns destinam uma quantidade determinada de atendimentos de baixo custo, outros reservam um dia da semana para este serviço, por exemplo.

Como buscar atendimento psicológico com profissionais que atendam a valores reduzidos?

É preciso entrar em contato com cada psicólogo/psicanalista para se informar se ele realiza esta modalidade de atendimento e como funciona, já que, como foi dito, cada um define critérios diferentes. É possível também pedir encaminhamento ao seu médico e questiona-lo sobre indicações de profissionais que atendam a valores mais baixos.
Em algumas clínicas de Psicologia também é possível pedir esta orientação. Nas Clínicas-Escola das Faculdades de Psicologia também é possível pedir esta orientação, já que algumas fornecem indicações de ex-alunos que realizam estes atendimentos.

Como já foi citado no início do texto, muitos avanços ainda são necessários no sentido de viabilizar maior número de vagas para atendimentos gratuitos (ou mais acessíveis) em Psicologia nas diferentes modalidades existentes. Mas estamos caminhando para isso e o projeto do Psicologia Acessível compartilha desta caminhada.

Ainda voltaremos a falar sobre este tema por aqui, pois é de grande interesse de muitos que acompanham o blog e sempre que possível tentaremos indicar locais e profissionais que ofereçam esta forma de atendimento psicológico.

________________________________________________________________

Curtiu este conteúdo?

facebook_like_logo_1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s